Aluna da Aliança é convidada para programa do Ministério dos Negócios Estrangeiros do Japão

2017-01-16 19.32.45

O primeiro encontro do grupo, da esq. para dir.: Helena Senda (Uruguai), Erika Yamauti, Cassio Aoqui e Priscila Kamoi (Brasil), Natsumi Salazar (Peru), Rita Yoshimine (Brasil), Kazuko Sekiguchi (MOFA), Eloy Shinagawa (México), Guillermo Tomoyose (Argentina), Roberto Kim (Bolívia) e as guias Kimiko e Taeko.

Uma experiência inesquecível, voltada para promover e divulgar o melhor do Japão. Entre os dias 16 a 21 de janeiro, a jornalista e aluna do Nozomi  da Aliança, Erika Yamauti,  participou do “Programa de Convite a Descendentes de Japoneses das Américas Central e do Sul de Visita ao Japão”, realizado nas cidades de Tokyo e Iseshima (província de Mie), com organização do MOFA (Ministry of Foreign Affairs of Japan - Ministério dos Negócios Estrangeiros do Japão).

Durante o programa, 10 nikkeis da América Latina participaram de uma programação intensa e emocionante, que proporcionou a redescoberta de valores e da própria identidade nikkei, além de criar novas amizades.

O grupo, formado por jornalistas e comunicadores latino-americanos, teve quatro representantes brasileiros: Cássio Aoqui e Erika Yamauti (São Paulo), Priscila Kamoi (Curitiba) e Rita Yoshimine (Brasília), junto aos participantes Helena Senda (Uruguai), Natsumi Salazar (Peru), Eloy Shinagawa (México), Guillermo Tomoyose (Argentina), Roberto Kim (Bolívia) e Joaquin Suzuki (Chile).

Programação intensa

Durante os seis dias do programa, os jovens receberam orientações de especialistas em diplomacia internacional, segurança e geopolítica, além de atividades culturais, como a visita ao Museu da Migração Japonesa em Yokohama, a experiência de zazen (meditação) em um templo budista, o leilão de peixes no mercado de Tsukiji e a visita aos estúdios da NHK World. Também foram promovidos encontros com os parlamentares que apoiam os nikkeis na América Latina, entre os quais, Fumiaki Kobayashi, Yoichi Miyazawa e Takeo Kawamura. Destaque da programação oficial, a recepção pelo príncipe e princesa Akishino foi realizada no dia 18 de janeiro.

No dia 19 de janeiro, os bolsistas foram recepcionados pelo vice-secretário-chefe de gabinete japonês, Kotaro Nogami, na residência oficial do primeiro ministro Shinzo Abe. “No dia em que discursei para o sr. Nogami, havíamos ido cedo ao Mercado Tsukiji e, no retorno ao hotel, cantávamos canções que nossos pais e avós nos ensinaram, como Kutsu ga Naru. Nesse momento, emocionei-me profundamente ao ver que, sem conhecê-los antes, todos os participantes estavam conectados por algo muito relevante: nossa ancestralidade. Hoje, tornamo-nos todos amigos latino-americanos unidos pelo Japão”, lembra Cássio Aoqui.

“Participar desse programa foi uma oportunidade única de aprendizado acelerado e intenso, pois tivemos contato com especialistas em temas fundamentais, obtendo uma melhor compreensão das estratégias do governo japonês para o momento presente, visando o futuro. Graças ao Programa, recebemos informações valiosas, avaliando de forma mais clara a importância do soft power como estratégia diplomática, e também qual é o papel da comunidade nipo-brasileira e da integração nikkei na América Latina nesse cenário mundial. Sinto muita motivação e principalmente, muita inspiração, para continuar esse trabalho de divulgação da cultura japonesa, pois sou realmente muito grata e sinto-me honrada pela oportunidade que recebi, de conviver com pessoas tão maravilhosas e especiais nesse curto período, compartilhando experiências incríveis”, comenta Erika Yamauti.

Experiência de Zazen no templo Seigan-ji

Experiência de Zazen (meditação zen budista) no templo Seigan-ji

A programação do intercâmbio foi encerrada na província de Mie. Os jovens foram recebidos pelas autoridades da província para uma reunião sobre a promoção do turismo local, e visitaram o famoso Grande Santuário de Ise, um dos templos xintoístas mais famosos do Japão, palco do último G7 Summit.

Próximos passos

O programa visa criar novos caminhos para o intercâmbio entre os nikkeis no Brasil e na América Latina, promovendo a cultura japonesa. Novos projetos estão surgindo, e os bolsistas brasileiros que participaram do programa mantém uma página no Facebook (www.facebook.com/nikkeybr), com informações sobre o intercâmbio e sobre a comunidade nikkei.

“Aos poucos, estamos processando tantas informações, aprendizados e sentimentos. Foi uma viagem muito emocionante, que mexeu com as nossas memórias e possibilitou a redescoberta de nossas raízes. Agora vamos trabalhar em conjunto, para divulgar ainda mais a cultura japonesa. Certamente, levaremos para sempre esses momentos especiais em nossos corações, e os laços de amizade criados durante o programa permanecerão!”, finaliza Erika Yamauti.

Colaboradores
Centro Cultural Aliança:


















ACBJ - Aliança Cultural Brasil-Japão

Aliança Cultural Brasil-Japão
Unidade Vergueiro
Cursos de língua japonesa, português para japoneses e artes orientais.
R. Vergueiro, 727 - 5 º andar
Liberdade - 01504-001
São Paulo - Tel.: (11) 3209-6630
Aliança Cultural Brasil-Japão
Unidade São Joaquim
Cursos de língua japonesa, português para japoneses e artes orientais.
R. São Joaquim, 381 - 6º andar
São Joaquim - 01508-001
São Paulo - Tel.: (11) 3209-9998 ou (11) 3209-6420
Centro Cultural Aliança
Unidade Pinheiros
Cursos de língua japonesa, português para japoneses e artes orientais.
R. Dep. Lacerda Franco, 328
Pinheiros - 05418-001
São Paulo - Tel.: (11) 3031-5550



© Aliança Cultural Brasil Japão
Todos os direitos reservados
by hkl interactive media